14/05

GARIMPO DE OUTONO DEU EM SÉRIE DE UM ESMERALDA VIVÍSSIMO

A pista foram os lindíssimos óculos esmeralda com bege da Erdem por Linda Farrow; extasiados diante da peça, fomos atrás de mais esmeraldas. O resultado do garimpo? Outros acessórios de outono tão interessantes quanto o par que nos serviu de prelúdio.

Paul Andrew; Coach

Erdem; Giles

Marni; Stuart Weitzman

clipboard17-tile

Fotos: reprodução

Sigam @chrispitanguy no Instagram e Chris Pitanguy no YouTube

13/05

A BIJOUX DE GRANDEZA MAIOR DO RESORT 2016 DA CHANEL

A corrente que é assinatura da casa envolveu pescoços e pulsos, mais sinuosa, algumas entremeadas com fios coloridos, outras com toques de cristais dourados. O tradicional como sempre revisto de uma perspectiva para lá de fresca e moderna.

clipboard33-horz

clipboard32-horz

Fotos: reprodução

Sigam @chrispitanguy no Instagram e Chris Pitanguy no YouTube

11/05

RESORT 2016: AS BOTINHAS DE PATCHWORK, A CINTURA DE PEPLUM E A LUMINOSIDADE SUL DA FRANÇA DA DIOR

O diretor criativo da Christian Dior, Raf Simons, reflete memória e cenário do sul da França nessa coleção batizada Croisére. Nela, a luminosidade natural do Côte d’Azur e o estilo “balneário glamuroso” de seus habitantes passam por uma leitura arrojada, muito a assinatura de Simons. “Eu queria que uma ideia de liberdade, diversão e individualidade viessem à tona para essa coleção, especialmente em consideração ao arquivo Dior. Não é um conceito pesado; é leve e jovem, e há uma luminosidade literal nesse vestuário, o que o torna fresco. Muito do design arquitetônico vem dos mantôs, os casacos de Monsieur Dior. Mas o tecido pesado é posto de lado, há um jogo com a escala, e elementos de seu estilo são transpostos em outras formas e peças…”, explica Simons.

Nas colinas de Théoule-sur-Mer, a locação é o Le Palais Bulles, assinado pelo arquiteto húngaro-finlandês Antti Lovag, uma obra-prima iniciada em 1975, de propriedade de Pierre Bernard. Em 1984, a casa tomou forma, e, antes de sua morte em 1992, Bernard pediu que sua construção fosse continuada pelo próximo dono, que foi e é… o couturier Pierre Cardin, aliás ex-primeiro assistente de Christian Dior. Alma sensível e esteta que só fez florescer a casa magnífica. Vejam curadoria!

BOTINHAS DE PATCHWORK, CINTURAS DE PEPLUM

_A2X0002

“BOTINHAS DE MEIA”

4

PATCHWORK DE CORES E TEXTURAS

_A2X0397

A REDE1

O GLAMOUR DO MANUAL: CROCHÊ
_A2X0580

MAIS CINTURA DE PEPLUM, CHINELOS

_A2X1012

_A2X1170

CENÁRIO/ ATMOSFERA

Captura de Tela 2015-05-11 às 14.17.21

PRIMEIRA FILA

Captura de Tela 2015-05-11 às 18.53.09

Dakota Fanning

Captura de Tela 2015-05-11 às 18.53.43

Marion Cottilard

Captura de Tela 2015-05-11 às 18.53.26

Raf Simons abraça Chiara Mastroianni

NA REDE

Captura de Tela 2015-05-11 às 18.58.13

Captura de Tela 2015-05-11 às 18.59.01

Fotos: reprodução

Sigam @chrispitanguy no Instagram e Chris Pitanguy no YouTube

07/05

RESORT 2016: JOANA D’ARC TECH E COURO LÍQUIDO NA LOUIS VUITTON

O diretor criativo Nicolas Guesquière escolheu a bela casa de Bob Hope como cenário para o desfile. Muito compreensível, pois o espaço, que tem projeto assinado por John Lautner e fica num ponto soberbo de Palm Springs (a vista é realmente deslumbrante, para um vale que é lindíssimo), rouba todos as atenções: lembra um imenso vulcão no exterior, guardando, em seu interior, um estilo anos 50 delicado, doce e poético. “Esse paradoxo, entre a brutalidade da arquitetura e a finura desse interior, é muito inspirador para mim,” disse Guesquière. “Amo a ideia do doce e do agressivo juntos.”

A coreografia do andar das modelos, cinematográfica: o grupo esbelto circulou a piscina antes de fazer um caminho bem desenhado para a plateia (estrelada e variada, com gente como Kanye West, que até sorriu, e Catherine Deneuve).

Guesquière enviou, para a coreografia magnífica, saias maxi com botas de deserto, tops cropped com cintos cruzados expondo triângulos do abdômen. Incríveis: as jaquetas motociclistas, muito Mad Max; as calças esportivas; os vestidos leves com clima guerreira; as hot pants curtíssimas, e, mais que tudo, o couro cortado de forma tão líquida que parecia seda. Espetáculo fluido, preciso.

OS CROPPEDS “AMARRADOS” POR VÁRIOS CINTOS DE COURO, TRIÂNGULOS DO ABDÔMEN NUS

_AG14781

FUTURISMO: O PRATEADO, AS TACHINHAS METÁLICAS, O COURO LÍQUIDO (NÃO É SEDA? OLHEM NOVAMENTE!)

L3

ESTÉTICA MEIO GUERREIRA, UMA JOANA D’ARC TECH, DE PLATAFORMAS

_AG14967

NOVAMENTE, O COURO CORTADO DA FORMA MAIS LÍQUIDA, MARAVILHOSO! O USO OBSTINADO, EXCESSIVO DOS ZÍPERES, UMA COISA MUITO GUESQUIÈRE

L4

A GUERREIRA TECH DECIDIU MOSTRAR AS PERNAS LONGAS… COM HOT PANTS HOT, HOT, HOT!

_AG15045

E AGORA MEIO GÓTICA…

S

ATMOSFERA

Vuitton-54

ZOOM

_VUI4192

_VUI3690

_VUI3570

_AG15153

ACESSÓRIOS

_VUI3448

_VUI4245

_VUI3356

_VUI4035

11209375_10206301790642930_5887219430086126520_n

Mochila

NO INSTAGRAM

Captura de Tela 2015-05-07 às 08.40.15

Captura de Tela 2015-05-07 às 09.07.32

PRIMEIRA FILA

Miranda-KERR_2

Miranda Kerr

Mira-DUMA

Miroslava Duma

Catherine-Deneuve-Michelle-Williams-Vogue-7May15-pr_b

Catherine Deneuve e Michelle Williams

Kaynie-WEST

Kanye West SORRINDO!

Fotos: reprodução

Sigam @chrispitanguy no Instagram e Chris Pitanguy no YouTube

05/05

SOBRE ONTEM À NOITE: OS LOOKS DO MET GALA 2015

O Met Gala 2015 aterrizou em NY sua profusão de estilo/ drama e loucuras habituais. O tema, intrigante, “China: Through the Looking Glass” não parece ter inspirado, diretamente, as produções. Contudo, elas vieram bastante diversificadas: havia um look, ao menos, para cada gosto. Do mais simples, como o vermelho de Gigi Hadid, usado com cabelo solto, ao mais nu, como o de Beyoncé, ao mais over, como o de Karen Elson, passando pelo mais lúdico (o de Zendaya) e pelo mais escultural (o de Rosie Huntington).

BEYONCÉ: o rabo de cavalo é lindo, o loiro talvez claro demais; o corpo é esplêndido, mas um pouco de sutileza vai bem! O vestido, composto de transparência e bordados (poucos e localizados, apenas o bastante para não haver nudez absoluta), é um Givenchy.

Tapete vermelho do Met Gala 2015

RIHANNA: Ela é esperta e quis logo um vestido de estilista chinesa: o modelo exuberante e excêntrico ao extremo é assinado por Guo Pei. É muito história em quadrinhos, muito heroina de gibi, parece bem pesado e desconfortável. A cor lhe cai bem, mas o vestido mesmo… parece um imenso manto real, daqueles ultrapassados, de séculos atrás. O adorno de cabeça é estranho, mas casa com o vestido. A escolha de quem deseja causar barulho, muito Rihanna. Bonita apenas ao modo Rihanna de ser.

472172746_1

KAREN ELSON, SOLANGE KNOWLES: Karen vestiu Dolce & Gabbana, e brilhou, barroca, excessiva e louca; seu adorno de cabeça foi inspirado naqueles usados pelas mulheres chinesas em seus casamentos. Solange vestiu Giles, também excessivo e louco, porém de um modo não tão positivo assim… parece incômodo, não “veste” e ocupa espaço demais.

clipboard10-tile

ZENDAYA: Ela foi de Fausto Puglisi, maluquinha e fofíssima! A saia assimétrica e os motivos de sois são de uma graça, um frescor juvenil!

clipboard0-tile

AMAL, SARAH JESSICA PARKER: Amal foi de John Galliano, belíssimo por sinal. Sarah vestiu ela mesma (vestido desenhado por ela em parceria com a H & M), sapatos também SJP. O que dizer dela? Bem, muito positivo que ela promova suas criações, nada mais natural até… O problema, no caso, são as criações: tem algo de estranho nesse vestido.

clipboard3-tile

ANNE HATHAWAY, MADONNA: Anne bela, bela, bela de Ralph Lauren: uma coisinha tão simples, um capuz, um vestido reto dourado, e uau! Madonna foi de Moschino, que em nada a favoreceu. Mas gostamos do Rebel Heart escrito em letras grandes.

clipboard1-tile

ALLISON WILLIAMS, EMILY RATAJKOWSKI: Allison vestindo Giambattista Valli está bonita; Emily de Topshop: gostamos do vestido da Topshop e a moça está mesmo impecável; no entanto, não aparece um vestido lá muito divertido ou leve o suficiente para uma festa legal e animada…

clipboard7-tile

KIM KARDASHIAN: Ela foi de Peter Dundas para a Roberto Cavalli. O vestido é uma obra de arte, realmente muito bonito… mas cansa ver Kim seminua em eventos desse quilate quase sempre…

clipboard24-horz

SELENA GOMEZ, IVANKA TRUMP: Selena lindinha aposta num preto e branco fofo Vera Wang, adorno do cabelo talvez pudesse ficar em casa; Ivanka está bonita num Prabal Gurung, esse azul é soberbo.

clipboard5-tile

HELEN MIRREN: Vestindo Dolce, simplesmente magnífica. E que brincos!

clipboard25-horz

ADRIANA LIMA, GIGI HADID: Adriana veste Marc Jacobs: deslumbrante com o franjão, bem gótica. Gigi escolheu um DVF; usado com cabelo solto, ficou simples demais: faltou um drama a la Met.

clipboard18-horz

ROSIE HUNTINGTON: Em Versace! O vestido certamente não é o melhor de todos, mas o corpo o valoriza tanto que Rosie ficou uma estátua de linda!

1430782667_rosie-huntington-whiteley-zoom

DIANE KRUGER: De Chanel, ela ficou incrível, cabelo lindo, flores e minaudière de coração diferentes e impactantes.

1430779608_diane-kruger-zoom

CARA DELEVINGNE: Ela vestiu Stella McCartney e algumas tatuagens temporárias. Estonteante, e a ideia das tatuagens é genial e sexy!

1430797540_cara-delevingne-zoom

Fotos: reprodução

Sigam @chrispitanguy no Instagram e Chris Pitanguy no YouTube